top of page
  • Writer's pictureTeam Consilcar

Edgar Condenso e Nuno Silva reeditam dupla de sucesso para o Campeonato de Portugal de Todo-o-Terreno

 

O Team Consilcar arranca para nova época na ESC Online Baja TT Montes Alentejanos, a prova de abertura do Campeonato de Portugal de Todo-o-Terreno. Edgar Condenso e Nuno Silva voltam a formar uma dupla com historial de sucesso e apontam à luta pelo título nacional T1, com a Ford Ranger.


O jovem Duarte Silva regressa a Beja ao volante do Can-Am da categoria T3, acompanhado pelo experiente António Serrão.



O início de uma nova temporada é sempre um momento de expectativa e de ambição para o Team Consilcar, que este ano pretende lutar pelo título T1 do Campeonato de Portugal de Todo-o-Terreno, um dos mais competitivos da Europa. Para isso, a equipa volta a juntar Edgar Condenso e Nuno Silva, antigos campeões nacionais e ibéricos da categoria T2, que apostam na espetacular Ford Ranger para o arranque do campeonato, composto por sete provas.


A primeira disputa-se já de quinta-feira a domingo, na região de Beja, prometendo uma intensa discussão pela vitória nos T1. “Este ano tivemos a separação das categorias T1 e T1+, que é a única opção que faz sentido em Portugal e que nos dá esta ambição de lutar pelo título”, afirmou Edgar Condenso, que, juntamente com Nuno Silva, foi um dos mais ativos defensores desta separação de categorias no CPTT. “Vamos para Beja com a máxima motivação, mas também precisamos de ver como está o carro nos primeiros quilómetros de competição, já que não tivemos oportunidade de rodar após a revisão do carro na pré-época”, referiu o piloto e co-fundador do Team Consilcar.


Nuno Silva, por outro lado, volta a ter como missão levar a equipa aos pódios e à vitória nos T1, depois de no ano passado ter apoiado a estreia do filho, Duarte Silva, nos SSV da categoria T3. “É um regresso natural, pois o objetivo do nosso projeto é estar na discussão pelos T1, uma categoria que deverá estar muito competitiva este ano, até com a chegada de algumas equipas estrangeiras. Para nós é sempre motivador lutar por resultados de relevo e tentar maximizar, também, a exposição dos nossos patrocinadores e parceiros”, destacou Nuno Silva.


Continuar a evolução


Com apenas 22 anos, Duarte Silva é um dos mais jovens valores da competitiva categoria T3, onde teve uma promissora época de estreia, em 2023. Há dois anos, a Baja TT Montes Alentejanos marcou a estreia absoluta do jovem piloto de Lisboa na competição e Duarte Silva ganhou logo a prova nos SSV do Troféu Yamaha! Este ano, o percurso da prova é algo diferente e o Can-Am da equipa também tem diferenças face ao modelo usado no ano passado. “Para um piloto jovem, como eu, o grande objetivo é sempre chegar ao final e acumular o máximo de experiência num ambiente competitivo”, admitiu Duarte Silva, que foi vice-campeão do Troféu Yamaha na sua primeira época no TT. “Estamos numa categoria recheada de pilotos consagrados, e o TT é uma modalidade onde a experiência prévia conta muito, tanto na leitura do terreno como na gestão do carro e da prova. Terei o apoio do António (Serrão), em quem confio totalmente, e espero desta vez não ter problemas mecânicos, para continuarmos a evoluir.”


Muito mais do que um co-piloto no Team Consilcar, António Serrão também atua como uma espécie de Team Manager nos bastidores da equipa, apoiando agora Duarte Silva no arranque de 2024. “Conheço bem o Duarte, sei do potencial dele e vamos para Beja concentrados em evoluir e chegar ao final. Normalmente, os setores seletivos nesta região são rápidos e fluidos. Espero que não chova e que nos possamos também divertir ao longo da corrida”, afirmou o co-piloto ribatejano, que já navegou Duarte Silva no último Camélias Classic Rally, onde a dupla deu nas vistas com um Polestar do Campeonato de Portugal de Novas Energias.


A época de 2024 também marca o regresso do Team Consilcar à estrutura técnica da Prolama, que partilhou alguns dos principais sucessos da equipa fundada há mais de duas décadas por Edgar Condenso e Nuno Silva.



30 views0 comments

Opmerkingen


bottom of page